sexta-feira, 11 de abril de 2008

STUNLEER-Once (1997)

=========================================================
Pais: USA
Categoria: Hard Rock
Ano: 1997
Editora: MTM Music (Germany)
=========================================================
Formação:

Paul Michael-Bass
Michael McCabe-Guitars
Doug Howard-Vocals
Anthony Resta-Drums, Percussion
Derek Blevens-Drums on tracks 3 and 9
Brian Rahilly-Guitar solo on track 4
Paul Cervone-Synthesizers
=========================================================
Alinhamento:

1.Love Is a Liar
2.Go, Don't Go
3.If You Want Love
4.Eye to Eye
5.Who Do You Think You're Fooling?
6.No Words Can Say
7.Come to Me
8.All the King's Horses
9.Hungry Eyes
10.Deliver
=========================================================
=========================================================

2 comentários:

Anónimo disse...

Com o término da febre do grunge, que fez um mal terrível ao Hard Rock, algumas bandas começam a lançar álbuns e esboçar um tipo de "reação". Mas nada de muito grandioso, pois o estrago feito pela música de Seatle foi terrível. Mas enfim, no período que vai de 1997 a 2001, tivemos muitos lançamentos de bandas de Hard Rock e AOR. Quase todas por selos pequenos, com pouca expressão, mas já utilizando de um dos veículos que ajudaram o estilo a ganhar nova força: internet. E álbuns de muita qualidade, como esse "Once" do desconhecido Stunleer.

Temos aqui um Hard Rock melódico e contagiante, com refrões poderosos, guitarras pesadas e um vocal de extrema categoria (já cantou no Touch, banda de AOR do início dos anos oitenta). Um som que não fica devendo nada aos medalhões do porte do Danger Danger ou Def Leppard, por exemplo. Com certeza, se tivesse sido lançado nos anos 80 ou início dos anos 90, teria feito muito sucesso. Qualidade possui para tal. Basta escutar as revigorantes "Love Is A Liar", "Go Don't Go", "If You Want Love", "Eye To Eye", "No Words Can Say" e "Deliver" para comprovar o que falei.

Altamente recomendado! Uma das grandes jóias da segunda metade dos dfíceis anos 90!

Abraços.

AORforce

Vinicius Shazan disse...

Concordo plenamente! O grunge mudou (pra pior) os conceitos de qualidade, melodia,etc, fazendo com inúmeras bandas ótimas como esta por exemplo, ficassem sem espaço na mídia. O grunge é apenas um monte de revoltados sujos fazendo barulho. Este blog é excelente, não sonhava conhecer Stunleer. Valeu!